• quinta, 18 de julho de 2024
  • Céu limpo - Atualizado: 01:30 - 18/07/2024 19°
www.feedis.com.br

Agronorte anuncia, na Agrotins, investimento de R$ 135 milhões em dois armazéns e nova fábrica de rações

A Agronorte, empresa líder em diversos segmentos do agronegócio e com atuação em 11 estados do Nordeste e Norte, anunciou hoje na Agrotins (14 a 18 de maio, em Palmas) o investimento total de R$ 135 milhões em uma moderna fábrica de rações, em Gurupi/TO, para produção de alimentos para peixes, pets, bovinos (corte e leite), aves, suínos e equinos, e em dois armazéns (Açailândia/MA e Bom Jesus/TO).

Atualmente, a Agronorte conta com uma fábrica de rações em Tocantinópolis (TO), que produz cerca de 100 mil toneladas por ano. “Já iniciamos a construção da fábrica de Gurupi, que terá capacidade inicial de 180 mil toneladas de rações por ano, volume que será três vezes maior quando o projeto estiver concluído”, informa Vinicius Carvalho, diretor da Agronorte.

Carvalho explica que o aumento da produção animal no Norte e Nordeste é o principal responsável pelo investimento na nova fábrica. “A demanda de carnes e leite tem crescido na região, o que exige resposta dos criadores, que aumentam a oferta. A alimentação é um item essencial das atividades animais e respondemos a essa necessidade com uma unidade moderna e altamente produtiva”.

A fábrica de rações em Gurupi é apenas um dos novos investimentos da Agronorte. A empresa adquiriu um armazém em Açailândia, que já está em operação desde o final de 2023, e iniciará em agosto a construção da unidade de Bom Jesus, no sul do Tocantins. Ambos se somam ao armazém de Pedro Afonso/TO. Juntos, os três terão capacidade estática para 70 mil toneladas de soja e milho.

“Da mesma forma que a produção animal, a oferta de soja e milho nos estados do Norte e Nordeste cresce ano após ano e a estrutura de armazenagem atual não atende às necessidades. Além disso, temos planos de intensificar a operação de barter e exportação de grãos na região, oferecendo uma opção a mais para os agricultores”, explica Vinicius Carvalho.

Constituída em 1985, a Agronorte é líder em alimentação animal no Norte e Nordeste e tem atuação diversificada, com fazendas de pecuária (cria e recria), piscicultura, logística, armazenagem e trade de milho e soja (mercados interno e exportação), revendas de produtos agropecuários, fabricação de rações animais, posto de combustível e loja de conveniência. A Agronorte gera 700 empregos diretos e tem sólido crescimento nos últimos anos.

Publicidade