• quinta, 18 de julho de 2024
  • Céu limpo - Atualizado: 01:30 - 18/07/2024 19°
www.feedis.com.br

Com 200 animais em lactação, fazenda leiteira busca tecnologia em gestão para produzir com mais qualidade e precisão

Fazenda Pavana se destaca como primeiro lugar no Perfil Racial 3 no maior benchmarking da pecuária de leite do mundo, o RÚMIScore

Comprometimento, estratégia e utilização de tecnologias, como mostra a trajetória da Fazenda Pavana, são essenciais para a produção assertiva de leite. A propriedade, localizada em Perdizes (MG), tem entre seus destaques o primeiro lugar no Perfil Racial 3 no maior benchmarking da pecuária de leite do mundo, o RÚMIScore.  

Fundada em 1951, a fazenda, que hoje se encontra em sua terceira geração de administradores, é referência na pecuária leiteira em território nacional. Com cerca de 400 hectares, entre área própria e arrendada (150 para a pecuária leiteira e 250 para agricultura), e 1000 animais divididos entre as raças Girolando e Gir Leiteiro, a produção média de leite soma 33,4 litros por dia, com 200 animais em processo de ordenha.

“Em nossa terceira geração de pecuaristas frente ao negócio – passado do meu avô para o meu pai e, posteriormente, para mim – focamos em inovar, principalmente no uso de novas tecnologias que nos possibilitam produzir com mais qualidade e precisão. Nossos números são resultados disso”, afirma o médico-veterinário e proprietário, Paulo Victor Machado.

Uma das ferramentas que contribuiu para esse cenário positivo é o sistema de gestão Ideagri, oferecido pela Rúmina, empresa de soluções inovadoras para a pecuária no Brasil e América Latina. Para o pecuarista, a ferramenta “é fundamental para o desempenho da fazenda, tanto em nível de gestão quanto de produção, permitindo que se obtenha uma visão ampla e estratégica do negócio por completo”.

A utilização efetiva do sistema de gestão garantiu à propriedade destaque na última edição do RÚMIScore – evolução do Índice Ideagri do Leite Brasileiro (IILB), criado em 2018 e construído a partir de uma base de informações provenientes de mais de 1.000 fazendas de todo o Brasil que utilizam o software de gestão Ideagri, em atuação no mercado há 16 anos.  

O índice, como explica o CEO da Rúmina, Laerte Cassoli, é o maior benchmarking do mundo para pecuária de leite. Possui 13 indicadores de desempenho nas áreas de reprodução, sanidade, criação, produção e sustentabilidade, que compõem a nota dada para cada fazenda, que varia de 0 a 10, e foi validado pela empresa europeia IMPACT FORECAST. 

“A partir da comparação e análise dos principais indicadores entre fazendas com o mesmo padrão racial dos animais é possível identificar se a propriedade em análise está em algum tipo de média, o que possibilita uma visão muito interessante de onde é preciso investir ou melhorar, visando sempre bons resultados”, afirma o CEO.

Para Machado, ter a Fazenda Pavana como a primeira colocada no Perfil Racial 3 (até 75% europeu) é uma realização pessoal muito grande. “É o tipo de retorno que nos mostra que o trabalho realizado todos os dias está funcionando e que estamos no caminho certo em relação à boa execução dos processos dentro da porteira”, frisa o proprietário, ao ressaltar a motivação gerada por esse tipo de iniciativa. “Não trabalhamos para receber prêmios, mas o fato de recebê-los é um ótimo sinal de que há uma equipe qualificada e alinhada, possibilitando todo o retorno que desejamos”, pontua.

Sobre a Rúmina 

A Rúmina é uma empresa de soluções inovadoras para a pecuária no Brasil e América Latina, com foco em apoiar os produtores de hoje a se tornarem os produtores do futuro: mais produtivos e sustentáveis. Por meio de tecnologia, transforma dados das fazendas em uma experiência digital inteligente, que apoia o produtor e empodera a cadeia a tomar decisões mais seguras dentro do negócio.

A plataforma Rúmina engloba o Ideagri, sistema brasileiro de gestão zootécnica e financeira para suporte à tomada de decisão das propriedades leiteiras; a OnFarm, solução tecnológica direto na fazenda para controle de mastite, saúde do úbere e qualidade do leite; a RúmiCash, parceira financeira da cadeia leiteira, oferecendo acesso rápido e simplificado a crédito e adiantamento para produtores de leite; o RúmiScore, índice pioneiro que avalia e compara fazendas leiteiras em todo o Brasil, baseando-se em 13 indicadores-chave de produtividade e sustentabilidade; o RúmiFlow, tecnologia inovadora e de ponta que garante uma pré-ordenha automatizada e mais rápida com tetos desinfetados e estimulados 365 dias no ano; o Rúmina Insights, plataforma de inteligência de dados para a cadeia leiteira, fornecendo insights valiosos para produtores e profissionais do setor; o RúmiCorte, sistema brasileiro de gestão zootécnica e financeira para suporte à tomada de decisão das propriedades de gado de corte e o RúmiAction, que será lançado em breve.

Mais informações: www.rumina.com.br

Publicidade