• quinta, 18 de julho de 2024
  • Céu limpo - Atualizado: 22:15 - 17/07/2024 24°
www.feedis.com.br

Fintech do leite já disponibilizou mais de 200 operações de crédito para pequenos e médios produtores de leite de laticínio catarinense

UltraCheese, grupo especialista em cremes e queijos, possui projeto de apoio aos mais de 700 pecuaristas parceiros

Com os diversos desafios que o setor leiteiro tem vivido nos últimos tempos, é fato que só permanecerá na atividade o produtor que estiver efetivamente preparado – e não somente do ponto de vista técnico e operacional, mas também em estrutura de capital. É com esse pensamento que o CFO da UltraCheese, companhia detentora das marcas Cruzília, Itacolomy, Lac Lélo e Búfalo Dourado, Adriano Doré, buscou o suporte da fintech RúmiCash para facilitar o acesso ao crédito dos seus fornecedores e fomentar a produção nacional de leite.

Desenvolvida pela Rúmina, empresa que tem o objetivo de simplificar a adoção de tecnologias pelos produtores, a fintech é voltada exclusivamente para a cadeia leiteira e disponibiliza, em até 24 horas, linhas de crédito e antecipações de pagamentos. Por meio dessas facilidades, já realizou, dentro da UltraCheese, mais de 200 operações, viabilizando cerca de R$6 milhões aos produtores de leite que fornecem ao laticínio, em sua maioria, de pequeno porte.

“De forma simples e rápida, a RúmiCash possibilita aos pecuaristas o acesso ao crédito direto e ao crédito com propósito, direcionado para a compra de insumos e animais, tudo feito pelo WhatsApp. Analisamos as características operacionais das fazendas, os indicadores de qualidade de leite e estimulamos a melhoria do produto final. Por meio desse apoio, contribuímos para uma melhor qualidade produtiva e eficiência das propriedades”, destaca a Head da RúmiCash, Gabriela Borlido.

De acordo com Adriano Doré, a parceria com a fintech vem ao encontro da missão da empresa em promover as mudanças necessárias para o crescimento da atividade leiteira e fortalecimento do setor no País.   

“Está em nosso DNA auxiliar o produtor. Muito além da compra e venda de leite, buscamos criar uma relação de crescimento em que o produtor e a sociedade se desenvolvam. Para isso, entendemos que, quando o pecuarista é mais amparado e pode se preparar melhor, existe uma grande chance de que ele consiga se manter na atividade e crescer”, explica Doré.

A empresa possui aproximadamente 700 produtores de leite provenientes de Minas Gerais e Santa Catarina como fornecedores e, desde o ano passado, realiza um mapeamento de todos eles com o objetivo de verificar os níveis de sucessão de cada um e identificar os desejos de melhorias e de expansão dos negócios, com o objetivo de fomentar e subsidiar novos investimentos em suas propriedades.

Para continuar esse trabalho de desenvolvimento das propriedades, que em sua maioria são de pequeno porte, e dar andamento a outros projetos previstos, o CFO da UltraCheese acrescenta que é primordial ter bons parceiros, como a RúmiCash, e prevê o crescimento dessa relação ao longo dos anos.

Sobre a Rúmina

A Rúmina é uma empresa de soluções inovadoras para a pecuária no Brasil e América Latina, com foco em apoiar os produtores de hoje a se tornarem os produtores do futuro: mais produtivos e sustentáveis. Por meio de tecnologia, transforma dados das fazendas em uma experiência digital inteligente, que apoia o produtor e empodera a cadeia a tomar decisões mais seguras dentro do negócio.

Engloba as marcas Ideagri, líder em sistema de suporte à tomada de decisão para pecuária de leite; OnFarm, solução digital que ajuda na saúde do úbere; RúmiCorte, solução de tomada de decisão para pecuária de corte; RúmiCash, fintech voltada à cadeia do leite; RúmiEduca, programa de educação contínua; Rúmina Insights, plataforma de inteligência de dados; RúmiTank, tecnologia com base em sensores para monitoramento em tempo real do funcionamento do tanque de leite e o RúmiScore, o maior benchmarking de produtividade e sustentabilidade da pecuária de leite do Brasil.

Mais informações: www.rumina.com.br

Publicidade