• quarta, 24 de abril de 2024
  • Céu limpo - Atualizado: 00:15 - 24/04/2024 24°
www.feedis.com.br

Multifuncional, prebióticos melhoram absorção de nutrientes e fortalecem sistema imune de frangos de corte

Zootecnista da Auster Nutrição Animal explica como uso de aditivos nutricionais pode diminuir uso de antimicrobianos na avicultura

A nutrição tem papel importante para garantir uma produção mais eficiente, segura e saudável. “A alimentação de qualidade ajuda a proteger as aves contra doenças. Aditivos nutricionais, como os prebióticos, são ferramentas importantes para a melhoria da qualidade intestinal, pois dificultam a colonização por bactérias patogênicas. Por isso, o seu uso ganha força na avicultura, já que esses insumos beneficiam diretamente o sistema imune”, destaca Tamires Felix, zootecnista da Auster Nutrição Animal.

“De forma geral, os prebióticos são capazes de melhorar a saúde intestinal das aves devido ao estímulo do crescimento de populações de bactérias benéficas, como dos gêneros LactobacillusBifidobacterium e Saccharomyces. Elas competem por nutrientes com as bactérias patogênicas”.

Tamires explica que entre as vantagens da aplicação de prebióticos na alimentação das aves está o estímulo à produção de citocinas, proteínas que iniciam a reação em cadeia do sistema imune, melhorando a eficiência e o tempo de resposta do sistema imunológico. “Outra forma de atuação é no bloqueio dos sítios de ligação das células intestinais (por onde as bactérias patógenas entram) impedindo desta forma a chegada das bactérias patogênicas na corrente sanguínea. Não só isso. O ambiente ácido proporcionado pela presença dos prebióticos é amplamente utilizado para a prevenção de doenças entéricas causadas por Escherichia coli e Salmonella spp”.

Outro benefício é em termos de sustentabilidade. “Os prebióticos permitem a redução do uso de antimicrobianos na produção de frangos – demanda cada vez maior dos consumidores finais.  A estratégia nutricional, no entanto, precisa ser colocada em prática levando em consideração a realidade da granja e a pressão sanitária. Assim, a mudança acontece de forma estruturada”, informa Tamires.

A Auster Nutrição Animal coloca à disposição do mercado a linha Aela, composto por estimbióticos, aditivos capazes de estimular a atividade prebiótica da matéria-prima usada na ração, possibilitando dietas sustentáveis com menor custo e melhores resultados zootécnicos. “Além disso, os produtores podem solicitar aos nossos consultores técnicos um produto específico com a inclusão de prebióticos que atendam a sua necessidade”.

“É fundamental para os avicultores tenham acesso a estratégias nutricionais que atendam às demandas do mercado consumidor e que mantenham o desempenho e saúde das aves, sem perder a competitividade. Com o aumento dos custos, a dieta corresponde a 75% a 80% dos gastos de uma granja. Aproveitar ao máximo a absorção dos nutrientes significa eficiência e retorno econômico”, completa Tamires Felix, da Auster Nutrição Animal. 

Fonte: AI

Publicidade