• sbado, 13 de abril de 2024
  • Alguma nebulosidade - Atualizado: 12:31 - 13/04/2024 22°
www.feedis.com.br

Reproduz + 2023 reúne mais de 100 veterinários especialistas em reprodução bovina de todo o Brasil

Evento promovido pela Biogénesis Bagó proporcionou atualização técnica e troca de experiências entre profissionais focados em reprodução

Mais de 100 veterinários especializados em reprodução bovina se reuniram em Campinas (SP), no início de julho, para a edição de 2023 do Reproduz +, evento voltado para networking e atualizações técnicas com as últimas pesquisas, tendências e inovações na área.

Diversos palestrantes compartilharam seus conhecimentos e percepções sobre temas como sanidade, reprodução, genética, nutrição, gestão, sustentabilidade e bem-estar animal, considerados os pilares para a produção do chamado “Boi Azul”, conceito preconizado pela Biogénesis Bagó para a nova pecuária em detrimento do tripé que vinha sustentando a atividade até então – genética, nutrição e sanidade.

O Country Manager Brasil e Diretor Comercial LATAM Norte, Marcelo Bulman abriu a programação do evento com um panorama da pecuária no Brasil, América Latina e no mundo e os investimentos da companhia em especial no mercado de reprodução. Na sequência, as atualizações nos programas de IATF – Inseminação Artificial em Tempo Fixo foram feitas por Roberta Saran, da Repro Saran Consultoria, pesquisadora referência e premiada na área. Em seguida, o diretor executivo de Marketing Estratégico da Biogénesis Bagó, Gustave Decuadro abordou a importância da escolha de um bom DIV – Dispositivo Intravaginal e o gerente de Produtos & Trade da empresa, Caio Borges ofereceu uma visão sobre a BVD – Diarreia Viral Bovina para além da vacinação, destacando a importância de se realizar um programa vacinal correto, identificar os animais P.I. – Persistentemente Infectados e da implementação de medidas de biosseguridade. O consultor Neimar Correa Severo, da NCSevero, aprofundou a importância da avaliação da qualidade do sêmen, enquanto o gerente de Negócios Pecuária de Corte da Rehagro, Paulo Eugênio de Carvalho Camara discorreu sobre o que realmente impacta na lucratividade do sistema de cria.

O médico-veterinário Angelo Favaro Junior, gerente administrativo e operacional da Fazenda Santa Nice, localizada em Amaporã (PR), compartilhou com os participantes do Reproduz + 2023 os benefícios que o sistema ultradenso traz para a produtividade das fazendas.

Na conclusão do evento foram apresentados dados de benchmarking dos participantes do Reproduz + e os profissionais premiados como destaques da estação de monta 2022, considerando número de animais na categoria (nulíparas precoces, nulíparas, primíparas e multíparas), constância de resultados dos lotes nesta categoria e uso de pacote tecnológico.


Avaliações positivas

“O Reproduz +, realizado uma vez ao ano, reúne especialistas em reprodução bovina, permitindo o intercâmbio de ideias, dados e protocolos com os colegas da área. O evento no Brasil é tão bem-sucedido que será replicado em outros países, como Paraguai, Bolívia e México”, afirma o diretor executivo de Marketing Estratégico da Biogénesis Bagó, Gustave Decuadro.

“É de grande importância a Biogénesis Bagó promover um evento como esse, com qualidade de informação e de profissionais. Tivemos a contribuição de palestrantes que compartilharam conteúdo qualificado e pudemos trocar experiências com profissionais de outras realidades”, avalia o veterinário João Paulo Spezia, da Spezia Consultoria, de Mato Grosso, que foi um dos premiados do Reproduz+.

Quem também comemorou a premiação de destaque, foi o veterinário Bruno Bangel, proprietário da Bander Expertise Pecuária, do Rio Grande do Sul. “É um grande orgulho conquistar o prêmio com os melhores índices na categoria de ‘precocinhas’ em um ranking com profissionais excepcionais no mercado de IATF com muitos volumes pelo Brasil. A gente vem trabalhando há bastante tempo com essa categoria, trazendo resultados, entregando prenhez e mais e mais bezerros aos clientes por ano”, afirma Bangel.

“É com muita satisfação que vim da Bahia para mais uma edição do Reproduz +, do qual participo desde o começo, em 2011. O que o evento traz nos ajuda muito no campo, no desenvolvimento do nosso trabalho prestando assistência para as fazendas. Aqui encontramos todas as ferramentas e atualizações que são muito importantes e necessárias para o nosso trabalho”, destaca José Lauro Costa Junior, da + Cria, premiado em outra categoria avaliada.

“Foi um evento muito completo, de bastante importância principalmente por ser um ano de crise no setor. Pela primeira vez desde 2002 foi registrada uma queda no número de IATFs, que vinha numa crescente intensa. Tivemos o primeiro recuo no ano passado e as análises preliminares deste ano já mostram uma diminuição de 5%. Porém, os anos difíceis se apresentam como oportunidades de ajustar para continuar crescendo. Temos suporte, muita tecnologia e bastante conhecimento para continuar investindo nas tecnologias de reprodução, que trazem um retorno enorme”, analisa a pesquisadora Roberta Saran. “O bezerro que produziremos este ano será o nosso desmame, a nossa colheita em 2025, quando deve ocorrer a guinada de crescimento do setor. Então é a hora de aproveitar todo o pacote tecnológico de IATF, nutrição e genética, aplicar nas fazendas para produzir ainda mais e ter uma boa colheita no futuro. Afinal, os melhores crescem nos momentos de dificuldades”, aposta Roberta.

De acordo com o gerente de Produtos & Trade da empresa, Caio Borges, os objetivos do Reproduz+ 2023 foram plenamente cumpridos. “A oportunidade de ter mais de 100 profissionais de alta performance contribuindo entre si durante o evento é algo único e que vem totalmente ao encontro com a nossa missão: ‘Ir além da sincronização de cios’. O Reproduz+ 2023 trouxe consigo uma diversidade de temas que abordaram não só os antigos pilares de sustentação da pecuária, como genética, sanidade e nutrição, mas também os novos pilares, que incluem bem-estar animal, sustentabilidade e gestão), temas que estão totalmente ligados com a eficiência reprodutiva e produtiva das fazendas. Isso porque o que não se mede não se otimiza e o sistema que não passa por otimização não consegue obter os resultados ideais que as fazendas devem entregar em busca da verdadeira produção do ‘Boi Azul’”, analisa Borges.

O Reproduz+ 2023 marcou ainda o lançamento de uma nova ferramenta de comunicação da Biogénegis Bagó: o podcast ReproduzCast, que terá episódios quinzenais com temas ligados à reprodução animal. O primeiro episódio já está disponível no Spotify e traz uma conversa com o veterinário Bruno Bangel com o tema “IATF em ano de baixa”. Confira: https://open.spotify.com/episode/18oZ9hj4GV6bNnS73Yetvn

Sobre a Biogénesis Bagó

A Biogénesis Bagó é uma empresa de biotecnologia especializada no desenvolvimento, produção e comercialização de tecnologias para a saúde animal.  

Seu time é formado por uma equipe interdisciplinar altamente profissional de mais de 1.000 colaboradores em nível global, com gestão moderna, integrando 14 nacionalidades em sua matriz, filiais e representações comerciais.  

Suas fábricas têm uma capacidade de produção de 450 milhões de doses de vacinas para a prevenção de diversas doenças que afetam a saúde animal. 

A companhia possui mais de 100 produtos (vacina antiaftosa, vacina antirrábica felina, canina e bovina, outros Biológicos, Antiparasitários, Reprodutivos, Intramamários, Vitaminas e Minerais, Antibióticos e Desinfetantes) e quase 1.000 registros de comercialização que chegam a mais de 60 países nas Américas, Europa, Oriente Médio, África, Ásia e Oceania.

Publicidade