• sbado, 13 de abril de 2024
  • Alguma nebulosidade - Atualizado: 12:31 - 13/04/2024 22°
www.feedis.com.br

Roberto Betancourt, sócio-diretor da Aleris, abordará os desafios do Brasil na competição global por uma produção animal mais sustentável no SBSA 2024

Este será o tema da palestra de abertura da programação oficial do 24º Simpósio Brasil Sul de Avicultura, que acontecerá no próximo mês em Chapecó (SC)

O empresário Roberto Ignácio Betancourt será palestrante na edição de 2024 do evento que se tornou ponto de encontro técnico, comercial e de networking entre os profissionais ligados à indústria produtiva da carne de frango do país, o 24º Simpósio Brasil Sul de Avicultura (SBSA), que acontecerá de 9 a 11 de abril no Centro de Exposições de Chapecó, município do Oeste catarinense referência na produção avícola agroindustrial.

A apresentação ocorrerá após a abertura oficial do simpósio, onde o executivo compartilhará suas visões apoiadas em sua experiência como empresário e em sua vida associativa, ocupando atualmente o posto de Diretor do Deagro (Departamento de Agronegócios da FIESP) e presidente da FeedLatina (Associação das Indústrias de Alimentos para Animais da América Latina e do Caribe), sobre os diferenciais e desafios do Brasil, país celeiro mundial para a produção de alimentos seguros e saudáveis.

Segundo Roberto, mais do que a vocação natural que favorece a hegemonia agroindustrial, sua apresentação trará uma série de dados técnicos que comprovam a capacidade do setor agroindustrial de produzir e preservar.

No entanto, de acordo com o sócio-diretor da Aleris Animal Nutrition, mesmo com todo o aparato originado das pesquisas e das novas ferramentas tecnológicas que surgem diariamente e atendem às questões relacionadas à sustentabilidade, como as soluções em aditivos nutricionais naturais à base de leveduras da Aleris, no caso da indústria avícola nacional, ele deixa um alerta: “Internamente atingimos um patamar elevado de consumo per capita ano de carne de frango”.

Nesse sentido, na opinião dele, o comércio internacional se tornará uma via necessária para o avanço do setor. “Nos tornaremos cada vez mais dependentes do mercado internacional, e hoje não basta apenas custo, qualidade e status sanitários em perfeitas condições”, enfatiza o empresário, em linha com o que será compartilhado em sua palestra do SBSA 2024.

Diante deste futuro cada vez mais ajustado Roberto é enfático: “Devemos melhorar o discurso sustentado por dados que demonstrem nossa eficiência, capacidade de produção e preservação. Este será o objetivo desta apresentação, mas para isso é necessário um setor cada vez mais coordenado”, insere o sócio-diretor da Aleris Animal Nutrition.

Em sua apresentação, ele destacará a importância de dados precisos sobre a produção animal para a imagem do Brasil no mercado internacional. “Com a queda do desmatamento na Amazônia, resultado do compromisso do combate a práticas ilegais, vemos uma melhoria nos indicadores de mudança no uso da terra, fundamentais para a avicultura que depende da agricultura. Esses dados, inclusive sobre emissões de CO² na produção de ração animal, são cruciais para evidenciar o compromisso do setor com a sustentabilidade”, completa.

Todas as métricas globais para apresentar números positivos visando a competitividade e a posição da indústria avícola brasileira no mercado internacional para manutenção da sua aceitação e crescimento sustentável frente a concorrentes globais serão apresentados pelo executivo da Aleris Animal Nutrition para os participantes do 24º Simpósio Brasil Sul de Avicultura 2024.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Publicidade