• tera, 16 de abril de 2024
  • Alguma nebulosidade - Atualizado: 02:42 - 16/04/2024 22°
www.feedis.com.br

RúmiScore apresenta áreas de oportunidade para melhoria do sistema de produção de leite no Brasil

Maior benchmarking independente da pecuária de leite, o RúmiScore analisará dados de mais de 1.200 fazendas e realizará a comparação quanto a produtividade e sustentabilidade

Identificar onde focar esforços de melhorias e quais são as áreas de oportunidade dentro das fazendas. Esse é o grande objetivo do RúmiScore, o maior benchmarking de produtividade e sustentabilidade da pecuária de leite do Brasil.

Dentro de um sistema de análises estratégico das melhores práticas usadas por empresas do mesmo setor, ele parte do princípio da avaliação dos principais dados gerados nas fazendas.

O RúmiScore é uma evolução do Índice Ideagri do Leite Brasileiro (IILB), criado em 2018, construído a partir da base de clientes usuários do Software Ideagri. Em sua última edição contou com a participação de mais de mil fazendas, que tiveram seus dados ranqueados a partir de resultados zootécnicos, 200 mil vacas, que representam 1,5 bilhão de litros de leite ao ano, quase 5% da produção no Brasil.

São treze indicadores que, quando analisados, apontam ao produtor como ele está em relação aos seus pares. O CEO da Rúmina, Laerte Cassoli, detalha quais são os indicadores do RúmiScore. “Taxa de sobrevivência, Idade Média 1º Serviço Animal, Idade Média do 1º Parto, Taxa de Concepção de Novilhas, Produção Total 305 1º Ordem, Produção Total 305 2º Ordem, Produção Total 305 3º Ordem, DEL Médio Mês, Produção Vaca Mês, Taxa Vacas Lactação Mês, Taxa Mortalidade Vacas, Taxa Prenhez e, por último e o grande destaque desta edição é o 13º indicador, que é a estimativa da emissão de metano”, detalha.

Segundo ele, a intensidade de metano é definida como a emissão de metano dividida pela produção de leite da fazenda (g de metano emitido por litro de leite produzido), e quanto menor este indicador, mais eficiente é a fazenda.  “Será avaliada, então, a evolução dessas fazendas em 2022 e serão divulgadas quais são as melhores fazendas de produtividade e sustentabilidade no Brasil”, aponta.

O resultado será divulgado no dia 07 de dezembro, com a entrega do Prêmio "Os melhores do ano RumiScore". O evento poderá ser acompanhado também via internet. 

Fonte: Assessoria

Publicidade