• tera, 23 de abril de 2024
  • Sol - Atualizado: 21:00 - 23/04/2024 29°
www.feedis.com.br

Unidade de Negócios Aves da Ceva Saúde Animal conquistou o Selo Empresa Amiga do Bem-Estar Animal

Esta certificação materializa as diretrizes da multinacional francesa através do fornecimento de soluções para avicultura em fina sintonia com o bem-estar animal, conectada às demandas do mercado e com vistas para um mundo mais sustentável

A Ceva reafirma mais uma vezseu compromisso com a produção avícola sustentável e anuncia a conquista do Selo Empresa Amiga do Bem-Estar Animal, certificado atestado e protocolado pela Integral Certificações (Belo Horizonte/MG). “A Unidade de Negócios Aves da Ceva saiu na frente e se tornou a primeira empresa do segmento de saúde animal do mercado avícola certificada”, informa a Diretora do Grupo Integral, Ana Paula Menegatti.

Para esta conquista, continua Ana Paula, foi necessário cumprir uma série de requisitos do protocolo desenvolvido pela Integral Certificações, conferidos e auditados por certificadora terceira. “Processo que gera robustez ao selo e que está de acordo com as regras internacionais de certificação”, esclarece.

Ela insere que, ao ser aprovada na auditoria, a Ceva passou a ter direito de uso do Selo de Empresa Amiga do Bem-Estar Animal em toda a comunicação destinada para a vacina Cevac IBras L. “O selo é uma forma eficiente e direta para expor os valores da empresa com o seu mercado. Ele traduz o posicionamento da Ceva com o Bem-estar Animal e demonstra seu posicionamento em relação ao tema”, conclui Ana Paula Menegatti.

De acordo com o Gerente de Marketing Aves Ciclo Curto da Ceva Saúde Animal, Tharley Carvalho, o selo reflete a visão de 360º da empresa dentro dos seus processos. “O pilar bem-estar animal sempre esteve presente na Ceva, mas queríamos ir além, precisávamos entregar para o produtor uma evidência desta nossa expertise experimentada pelos nossos clientes ao utilizar a vacina Ceva IBras L. Uma vacina viva contra Bronquite Infecciosa que vem gerando enorme ganho de qualidade dos lotes, pois controla de forma efetiva os efeitos devastadores do vírus sobre a saúde dos animais. Uma doença que, quando não controlada, provoca lesões e, como consequência, a piora na qualidade de vida das aves”, argumenta.

Ele salienta que a Bronquite Infecciosa pode ser agente primário para o aparecimento de severos quadros respiratórios nas aves e seus efeitos podem se manifestar de forma direta no aparelho reprodutor de produtoras de ovos, férteis e comerciais. “Nos dois cenários, os prejuízos para as empresas são gigantescos, pois reduzem de forma direta a capacidade de geração de receita por meio do impacto direto na quantidade e qualidade do produto final”, sublinha Tharley.

Outra situação relacionada ao impacto da doença envolve a produção de carne de frango. “Os quadros respiratórios causados por infecção da Bronquite Infecciosa elevam de forma significativa as condenações dentro do abatedouro obrigando a empresa a descartar toneladas e toneladas de carne que seriam destinadas para o nosso consumo caso estivessem dentro do padrão de qualidade”, lembra o Gerente de Marketing e destaca que por meio da vacina para o controle da bronquite, a Cevac IBras, houve um aumento de sete toneladas de carne para cada 40 mil frangos alojados imunizados.

“Isso é reflexo direto da condição geral dos lotes vacinados com Cevac IBras. Aves mais saudáveis terão melhores condições até o abate. Condição sinônimo de bem-estar animal e facilmente observado a campo”, completa.

“Para nós, respeito ao bem-estar representa uma avicultura sustentável”, continua Tharley e salienta que este tipo de compromisso está presente na empresa através das vacinas de alta tecnologia e programas, a exemplo do “Menos é Mais” que otimiza dentro da indústria avícola processos de vacinação reduzindo ao máximo possível a manipulação visando também o bem-estar animal.

Fonte: Assessoria

Publicidade